Fórum unbreakable
Olá visitante!!!

Para ter acesso a tradução do Livro Conspiração Michael Jackson da Afrodite Jones, você precisa ser cadastrado no site. Desculpe-nos o inconveniente. Não esqueça de comentar agradecendo a gentileza do administrador.

Não esquecer de ativar a conta no seu E-mail.

Agradecemos o seu interesse e seja bem vindo(a) ao Unbreakable.

Atenciosamente a Administração.

DANGEROUS WORLD TOUR - O SHOW

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

DANGEROUS WORLD TOUR - O SHOW

Mensagem por Kate em Sab Set 27, 2008 4:22 pm

Dangerous Worlod Tour – O Show

Michael aparece no centro do palco e, fica estático por cerca de três minutos, levando a platéia a histeria absoluta.

Em seguida ele detona com “Jam”, ao lado de bailarinos. O estádio quase veio abaixo. Blecaute no palco e Michael ressurge com uma jaqueta especial dourada e inicia a performance de “Wanna Be Startin´ Somethin´”, faixa tirada do álbum Thriller. O show de luzes é incrível! A próxima faixa é “Human Nature” sua belíssima e emocionante balada, ao terminá-la Michael fica novamente estático no palco e o público fica todo iluminado.

Surgem gigantes sombras de Michael e ele retorna ao palco de blazer branco e chapéu, ao som dos acordes de mais um número, “Smooth Criminal”, como na performance do concerto realizado em Munique e em outros países, Michael e seus bailarinos ficam na posição de 45º graus na lado esquerdo do palco e no final ele atira com uma arma de fogo.

Michael retorna ao palco para interpretar ao lado de Siedah Garrett a balada, “I Just Can´t Stop Loving You”, e na seqüência após Siedah desaparecer, deixando-o abandonado, Michael começa a cantar “She´s Out Of My Life”, e convida uma fã parasubir no palco e dançar com ele, ao terminar a canção, ele se ajoelha e demonstra estar chorando. Beleza pura!

Michael dá uma pausa para que todos possam respirar e, então ele volta para cantar o medley The Jackson Five, “I Want You Back”, “The Love You Save” e “I´ll Be There”.

Enquanto Michael canta “Thriller”, surgem monstros, zumbis e esqueletos que se movem como se tivesse vida própria e se unem a Michael no palco, para compor o espetáculo de horror. No final da canção Michael coloca uma máscara de lobisomen, o efeito é perfeito e assombroso.

Próximo número, “Billie Jean” a canção mais famosa e contagiante do álbum Thriller, Michael aparece no palco usando sua usual luva branca, sozinho ele arrasa no vocal com sua voz límpida e suave, mas o momento mais excitante certamente é quando ele faz moonwalk. É uma seqüência de passos de tirar o fôlego de qualquer um! Delírio total!

O momento máximo do concerto: os telões mostram o início do clipe “Black Or White”, com Macauly Culkin em seu quarto ouvindo música no último volume e no final quando aparece seu pai pedindo para desligar, a atenção se volta toda para o palco, com Michael cantando a eletrizante canção.

Agora chegou o momento mais emocionante do show, “Will You Be There”, é a canção mais bela do álbum Dangerous segundo seus fãs e não por menos, Michael fez uma emocionante apresentação deixando a todos alucinados.

Segue “We Are The World” instrumental com o público acompanhando com entusiasmo.

Estamos na etapa final do concerto e, Michael canta “Heal The World” acompanhado por um coral de meninos órfãos. Muito emocionante e surpreendente! Um festival de fogos de artifício encerra o belíssimo espetáculo, infelizmente aqui no Brasil, Michael não cantou “Man In The Mirror”, como acontecera em outros países.

Ao final de quase 2h de espetáculo o público extasiado deixa o estádio como se saíssem de um sonho hi-tech.

Perfeito como um filme musical ao vivo (descontando alguns imprevistos que ocorreram no áudio), o show de Michael deve o poder de encantar adultos, adolescentes e crianças que lotaram o Estádio do Morumbi.

Após a realização de seu segundo show no dia 17 de outubro de 1993, após ter novamente emocionado 90,000 pessoas, Michael no dia seguinte viajou rumo ao Chile, e na seqüência para o México, onde realizou cinco concertos.

Comentário Final

Eu não pude estar presente nos dois concertos que Michael fez aqui em São Paulo, mas pelos relatos que tive de fãs que estiveram em um dos dois shows, é de que Michael realmente emocionou a todos os que estavam lá e esperando o melhor espetáculo já produzido por um artista do porte de Michael Jackson, e todos me afirma que adoraram e que certamente os pequenos problemas de áudio que ocorreram durante o show não impediu em nada de ver a melhor performance de Michael no palco ao vivo, eu senti falta de três canções no repertório dele aqui no Brasil, mas o que realmente faltou foi o espetacular final do concerto, quando Michael voa sobre os fãs e vai embora.

Por que será que ele não fez isso?

As canções que faltaram no repertório foram:

“Beat It”
“Working Day And Night”
“Man In The Mirror”Canções memoráveis que não poderiam ter sido retiradas, principalmente a belíssima e emocionante “Man In The Mirror”, os fãs brasileiros precisavam ouvir essa bela mensagem que ele nos transmite nesta canção.
avatar
Kate
ABC
ABC

Feminino Número de Mensagens : 48
Data de inscrição : 01/07/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum