Fórum unbreakable
Olá visitante!!!

Para ter acesso a tradução do Livro Conspiração Michael Jackson da Afrodite Jones, você precisa ser cadastrado no site. Desculpe-nos o inconveniente. Não esqueça de comentar agradecendo a gentileza do administrador.

Não esquecer de ativar a conta no seu E-mail.

Agradecemos o seu interesse e seja bem vindo(a) ao Unbreakable.

Atenciosamente a Administração.

Ola Ray fala sobre Thriller

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ola Ray fala sobre Thriller

Mensagem por Convidad em Sab Jan 31, 2009 9:31 pm

Para a estrela do vídeo, Ola Ray, Thriller foi uma vida

Por JIM FARBER
DAILY NEWS MUSIC CRITIC

Quarta-feira, 28 de janeiro de 2009, 4:00 AM


Vinte e cindo anos atrás, Ola Ray conseguiu um trabalho dos sonhos, e que foi parte de uma história, fazendo o papel da garota de um amor encabulado de Michael Jackson no clipe "Thriller."

Hoje, "Thriller" está a ponto de virar o mais novo musical da Broadway, Ray de 48 anos, vive calmamente e bastante caseira como mãe em Sacramento, Califórnia.

Ela fez pouco dinheiro com o clipe e só conseguiu alguns trabalhos nessas últimas duas décadas.

"Todo mundo pensa que eu fiz milhões" Ray disse para o tablóide britânico Sunday Mirror recentemente "Mas eu não me importo. ... eu não mudaria nada."

O que a deixa animada é saber que fez parte de um clipe que mudou toda a natureza e a forma dos clipes e que lançou a carreira de Jackson as estratosferas.

Tudo começou em 1983, quando Ray, de então 23 anos, modelo que tentava uma carreira como atriz, recebeu um telefonema para participar do elenco para ser a namorada de Jackson em "Thriller."

O clipe, dirigido pelo "Blues Brothers" supervisionado por John Landis, prometeu que o clipe seria o "O Vento Levou" dos videoclipes, o mais longo e mais caro clipe feito até então. Centenas de garotas apareceram naquele dia.

"Eu lembro como se fosse ontem" Ray disse recentemente para a estação de TV de Sacramento KCRA.

"No minuto que entrei para fazer o teste, eu sabia que aquele papel seria meu" ela comentou para o Mirror. "Eu li alguns trechos, dançei algumas músicas, e o resto foi história."

Ray teve alguma experiência diante das câmeras - mas também distante de ser algo sério.

Três anos antes, ela foi capa da Playboy de junho de 1980 e talvez a sua nudez tenha ajudado. "Parece que o Michael levou em consideração o fato de ter sido modelo da Playboy " disse Ray.

Naquela época, Jackson namorava Brooke Shields, apesar que Ray deixou muitas vezes a entender que queria esse papel não só nas telas como na vida real.

Mas não aconteceu.


"Ele era lindo, mas infantil" Ray disse para a Mirror. "Ele adorava me perseguir ou pular por detrás de uma parede."

O clipe levou duas semanas para ficar pronto e teve um orçamento de $500,000. Ola sabe que o papel não era lá aquela coisa

"Eu era a garota que corria em volta gritando" ela disse para KCRA.

O vídeo de 14 minutos fez Thriller ir para o topo rapidamente. E vale lembrar que faz parte do álbum mais vendido de todos os tempos.

Enquanto isso, a carreira de Ray não teve tanta repercussão.

Ela fez alguns pequenos papéis nos anos 80 como "Hooker No. 1", "Body and Soul," "48 Hrs.," "The Man Who Loved Women" e "Beverly Hills Cop II" (onde ela fez o papel de - adivinhem? uma garota da playboy ).

Por um tempo ela também namorou o ex-jogador de futebol Jim Brown. Loog eles se separariam.

Em 1992, Ray foi acusada por posse de cocaína, o que a levou a frequentar a reabilitação.

Jackson a ajudou com dinheiro em alguns momentos, cobriu cheques dela por diversas vezes de centenas de dólares, de acordo com o Mirror.

POr um tempo, Ray culpou Jackson por não dar a ela dinheiro suficiente pelo clipe de "Thriller", mas na sua entrevista do ano passado, ela disse que o perdoou.

Nessa década, Ray ganha a vida em Los Angeles e se mudou para o norte de Sacramento, onde mora vários de seus parentes. Ela mora lá com sua filha Iam de 13 anos.

Ray continua aspirando em atuar, assim como na música. Nesse meio tempo ela trata com carinho suas memórias.

"Eu não sabia que eu faria parte da história" ela disse. "Mas foi isso que aconteceu, e sou muito agradecida".


http://www.nydailynews.com/entertainment/music/2009/01/28/2009-01-28_for_video_star_ola_ray_it_was_the_thrill.html

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum